top of page

Caminho de Flores

Rosa Araujo

A menininha ia todos os dias à escola por um caminho florido que ela adorava. Era fascinada por flores. Suas cores, seu perfume e suas pétalas que pareciam pequenas borboletas coloridas encantavam os seus sentidos de criança.

Ia sempre segura na mão de seu pai, cantando as músicas em sua língua particular e catando as flores coloridas: margaridas, beijinhos, violetas e miosótis. Como gostava! Chegava todos os dias com um buquê para cada professora.

O que as pessoas não sabiam é que ela era a Fada Princesa da Floresta, e, seu pai, o Rei Fauno. As flores eram pequenos recipientes de mágica mandados por suas irmãs fadas à terra dos humanos para ajudá-los a viver felizes e em harmonia. Sua imaginação trazia colorido à vida de todos com quem ela convivia.

Um dia, em seu trajeto diário para a escola, deparou-se com o caminho florido.... sem flores!!!!!! Como assim?!?!? Onde elas tinham ido?!?! Por que o caminho agora só era marrom, sem o colorido e o perfume ao qual ela já estava acostumada?!?!? Quem havia tirado as flores sem a permissão do Rei Fauno e sem comunicar a ela, a Fada Princesa da Floresta??!?!?!!

O pai olhava aquela desolação repentina sem acreditar, pegou a menininha no colo e levou-a para a escola, preocupado com aquele silêncio sem cor da filha. Chegando ao portão, as professoras estranharam a ausência das flores, o silêncio da pequena, no colo do pai. Ele explicou que estavam fazendo uma obra de construção de uma ciclovia no outrora caminho de flores diário de sua pequena. As professoras levaram-na para dentro, explicando que seria bom ter um caminho por onde as bicicletas passariam em segurança. Quando ela crescesse, até ela passaria por ali, sem passar pelo meio dos carros, em segurança.

A menininha procurava entender o que lhe era explicado, porém, não conseguia. Queria sua Floresta Encantada de volta, onde seu pai era Rei e ela Princesa e ninguém podia ser infeliz.

O pai foi buscar a desanimada criança. Não quis jantar, nem conversar com a mãe e nem ver seus desenhos favoritos. Foi para a cama bem cedo. No dia seguinte, o pai foi chamá-la para ir à escola e a pequena não quis levantar. A mãe pôs a mão na testa dela e estava ardendo em febre. O pai se assustou. Sentiu que a tristeza por não ter mais o seu caminho de flores deixava sua pequena doente.

O homem saiu de casa um tanto cabisbaixo. Foi trabalhar ressabiado, achando que, de alguma forma, aquilo ia afetar a saúde da filha. Não deu outra. No meio da tarde, recebeu o telefonema da mulher dizendo que estava saindo para levar a menina ao hospital, pois a febre havia aumentado. Ao chegar lá e ver sua Princesa Fada da Floresta tão abatida, disse à mulher que não demorava. Ia à Secretaria de Obras.

Ao chegar lá, disse que precisava falar com o secretário urgente. As recepcionistas, entediadas, todo dia ia alguém lá para reclamar de alguma obra malfeita, falaram para ele voltar outro dia, pois o Secretário estava ocupado em reuniões intermináveis até o fim do expediente.

O homem então, tomado de desespero de pai, entrou correndo e foi até a sala que achava que era a de reuniões, pois tinha a maior porta. As mulheres correram atrás dele, porém ele foi mais rápido, abriu de supetão e entrou na grande sala onde estava o secretário e sua equipe discutindo sobre as obras. Falavam justamente da obra da ciclovia, que se chamaria Caminho de Flores.

O pai, se aproveitando do choque da sua entrada e vendo que estavam falando da tal obra que tinha adoecido sua menina de tristeza, contou aos prantos que a criança amava as flores, que tornava seu dia alegre. Que no seu mundo de criança pequena, que ainda não sabia verbalizar direito as coisas, ao não ver mais as flores no lugar de costume, adoecera de tristeza e falta das suas amigas coloridas. Disse que a menina estava no hospital naquele momento, sem querer reagir, pois sabia que as flores que foram arrancadas, já estariam mortas, pois, aprendera nos livrinhos de história que ele contava para ela antes de dormir, que as amigas precisavam de terra para fincarem suas raízes e crescerem.

O secretário e sua equipe ouviram atentamente o apelo do homem. Pediram para ele ir para casa, pois tinham ponderações a fazer e ele não poderia ficar ali, participando da reunião. Ele ainda tentou argumentar, pedir para ficar, queria saber o que seria feito, queria uma solução!!!!!!! Ele se retirou, triste, achando que não conseguiria seu intento, mas, na certeza de que tinha tentado trazer o caminho encantado de sua filha de volta ao lugar.

Andou por uma hora pelo centro da cidade, pensando se não poderia plantar umas flores coloridas no seu quintal, fazer em formato de caminho, para que sua filha tivesse sua Floresta Encantada particular. Era isso, ia dar início a esse projeto amanhã!!!!!

Ao chegar ao hospital para ver como a filha estava, a recepcionista disse que o médico já havia dado alta à pequena. Saiu apreensivo.

Quando estava chegando, viu carros da Secretaria de Obras saindo da frente de sua casa. Correu. Entrou em casa. Qual não foi a surpresa do pai ao ver sua menina cercada das mais variadas flores e com um grande cartaz mostrando a modificação que seria feita na obra da ciclovia. Sua mãe explicava como ficaria a ciclovia, dizia para ela, que no caminho onde as pessoas passariam a pé, seria cercado de flores.

A menininha sorria e cantava suas musiquinhas com as flores na mão. Entendeu que sua Floresta Encantada iria voltar e ela teria o seu reino de volta!

O pai então, teve certeza, viu duas asinhas de fada tremeluzindo saindo das costas de sua Fada Princesa da Floresta.





ROSA ARAUJO é uma apaixonada por literatura, astrologia, tarô, animais, língua francesa e gente. Estudou, graduou-se em letras e fez mestrado em literatura brasileira na Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Trabalha no Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro há 17 anos. Atualmente tem um blog de astrologia. É casada, tem uma filha e mora em Seropédica. RJ.

Endereço do blog: www.ojuarairamesoterica.blogspot.com

Pagina no instagram: @esotericaluz2022

Facebook: Rosa Zanuzzo

Perfil Pessoal instagram: rosazanuzzo2022


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

DEFINIR

Kommentare


Post: Blog2_Post
bottom of page